Com a chuva do final de semana, vendas ficaram abaixo da arrecadação de 2015Clube de Mães ganha nova sala na APACD
 
A Associação de Mães de Menores Especiais (Amme) comemora o resultado do do bazar realizado na Loja Maçônica Amor e Caridade. O dinheiro arrecadado no bazar será utilizado na reforma do Clube de Mães. Este espaço pertence à Associação Ponta-grossense de Assistência à Criança com Deficiência (APACD), localizada no bairro Órfãs.
 
Sede da Loja Maçonica na Rua Santana
Sede da Loja Maçônica na Rua Santana onde instituições de Ponta Grossa organizam bazares semanalmente
 
O bazar, que ocorre todo ano, é uma iniciativa da Rede de Apoio Feminina de Amor e Caridade. A edição de 2016 aconteceu de 18 a 20 de agosto passado. A organização estima que a arrecadação, ainda não contabilizada, foi menor do que a dos anos anteriores. 
 
O problema, segundo Tatiane, teria sido o final de semana chuvoso que acabou afastando o público. “Sábado costuma ser o melhor dia de vendas, no entanto, choveu a manhã toda”, comenta.
 
Instituições de cunho social de Ponta Grossa são selecionadas, por sorteiro, para o uso da Loja Maçônica. Dessa forma, toda semana acontecem os bazares. O espaço pode ser utilizado para arrecadação de recursos através da venda de roupas, acessórios e artesanatos. 
 
Segundo a presidente da Amme, Luciane Gross Mazureck, o local é excelente. Durante o bazar, integrantes da Amme trabalharam tanto na arrecadação quanto nas vendas, conta Gross. 
 
 Mãe de um aluno que frequenta a Associação Artesanal do Excepcional (Assarte), Helena Florêncio, diz que sempre participa desses eventos, pois sabe das dificuldades vivenciadas pelas instituições que atendem os deficientes em Ponta Grossa. Helena elogiou a variedade de roupas de frio oferecidas este ano.
 
Nova sala do Clube de Mães APACD
 
A presidente da Amme, Luciane Gross Mazureck, conta que, em 2016, o Clube de Mães conseguiu um novo espaço dentro da da APACD. “Ganhamos uma sala nova. Mas precisamos colocar forro, piso e colocar prateleiras, pois pretendemos manter um bazar permanente”, relata.
 
Além de manter um bazar permanente, o Clube de Mães pretende realizar cursos destinados às mães. O espaço será utilizado ainda para a realização de bazares cuja finalidade será a arrecadação de roupas. 
 
Gross explica que a sala atual não comporta o número de roupas já arrecadadas para o bazar. “ Nossa salinha atual mal comporta a arrecadação de roupas. A nova sala irá facilitar nosso trabalho”, explica