Representantes da Apadevi recebem criadores de aplicativo de leitura para pessoas com deficiência visual (Foto: Apadevi - Divulgação)

A Associação de Pais e Amigos do Deficiente Visual (Apadevi) recebeu, na última semana, em sua sede, os criadores do aplicativo Blass. O produto foi desenvolvido por estudantes da UEPG e da UTFPR, com apoio de investidores locais, para atender quem tem baixa visão, mas também para aqueles que não possuem visão alguma.

Thiago Henrique Teixeira de Almeida, estudante de Engenharia de Software da UEPG, diz que o aplicativo surgiu de um encontro no evento “Hackathon de Acessibilidade”, sediado pelo Sebrae da cidade. O encontro reuniu profissionais da área de tecnologia da informação para discutir soluções para problemas de acessibilidade.

O aplicativo faz a leitura do texto para pessoas com deficiência visual. “A pessoa tira foto do que quer ler, da página no caso. O aplicativo lerá em voz alta e com entonações de uma fala normal para que seja uma leitura mais natural possível”, explica Thiago.

Rosélia Aparecida Maravieski, secretária da Apadevi, ressalta a importância de projetos como esse para as pessoas com deficiência visual.

“Quem precisa de meios alternativos para fazer coisas simples, sabe o quanto é difícil. Por experiência no trabalho vejo que a leitura é bastante difícil, pois não há muitos exemplares em braile”, comenta.

Outra participante do projeto é a Anny Beatriz Navarro, aluna de Ciência da Computação da UTFPR. Ela diz que apenas cerca de 5% dos livros possuem a forma em braile e que o número é muito pequeno em relação ao grande acervo nacional.

“Pretendemos ajudar ainda mais nessa área. Por enquanto, nosso projeto lê até mil páginas e é apenas para Iphone”, diz Anny.

A equipe está trabalhando para desenvolver o aplicativo na versão Android também. Atualmente, para acima de mil páginas, é preciso pagar uma taxa. Disponibilizar uma versão gratuita está nos planos da equipe que visa ampliar o acesso ao produto.

 

Arquivo Portal Comunitário

29/09/2016 - Apadevi dá mais um passo para a construção da nova sede