Engana-se quem imagina que a Associação Pontagrossense dos Esportes Deficientes (Apedef/PG) está somente relacionada à atuação do time Tubarões/MM/APEDEF. A entidade oferece diversas modalidades e tem cerca de 50 atletas paraolímpicos envolvidos.

 Além do Basquete sobre rodas, modalidades como Futsal, Atletismo, Bocha, Tênis de Mesa, Halterofilismo (levantamento de peso), Natação, Hipismo e Tiro Esportivo também são oferecidas. Ainda há planos de iniciar a prática do Ciclismo (para ciclistas sem mãos).       

O diretor de esportes, Daniel José Dias Auer, conta que cada modalidade exige suportes específicos e que a falta deles dificulta a manutenção do esporte na entidade. O vôlei se encaixa nessas circunstâncias, já que a falta da rede diferenciada (mais baixa), por exemplo, inviabiliza os jogos.

A entidade conta com cerca de 80 associados e entre eles 50 participam das atividades esportivas disponibilizadas. Segundo o diretor, a Apedef está em fase de recrutamento de atletas, já que muitos desistem por falta de incentivo.

“Alguns começam e param, voltam e param tudo por falta de apoio e patrocínio. O apoio dá uma injeção de ânimo no pessoal”, diz. Daniel explica que o cenário esportivo do país está em destaque por ser este a sede das Paraolimpíadas 2016. A APEDEF almeja participar da competição.

“O esporte nacional está vivendo uma grande oportunidade, pois com as Paraolimpíadas haverá crescimento. Muitos atletas sonham em um dia representar o país, e nós estamos na expectativa disso acontecer”, ressalta o diretor.

A Apedef teve início em 1996 a partir da iniciativa de 20 integrantes. A ideia era viabilizar a atividade esportiva para pessoas com deficiência, mas, atualmente, a entidade coleciona títulos, como o 1º lugar de Hipismo no Campeonato Paranaense 2013 – 1ª etapa Rancho Ventania, ou a 3ª colocação no ranking nacional de Para tiro com carabina.

A prática dos esportes é aberta a qualquer pessoa com deficiência física, e o contato pode ser feito pelo telefone (42) 3222-4288.

Arquivo Comunitário: 

27-06-2010 - Acessibilidade esportiva depende da adaptação dos equipamentos