Equipe de basquete sobre rodas da Associação Paranaense de Emancipação para Deficientes (APEDEF) vence todas as partidas da fase classificatória, amplia série invicta para 31 jogos e disputa quadrangular final do campeonato estadual.

Quatro vitórias em quatro jogos. 157 pontos marcados e 42 sofridos. Esse foi o desempenho do time da Associação Paranaense de Emancipação para Deficientes (APEDEF), conhecido como Tubarões, na segunda etapa da fase classificatória dos Jogos Paranaenses de Basquete em Cadeira de Rodas, disputada em Ponta Grossa no fim de semana de 17 a 19 de outubro.

Com o resultado, a equipe se classificou para a disputa do quadrangular final da Divisão A do Campeonato Paranaense, a maior competição da categoria no estado, e segue na disputa para manter o título conquistado em 2013. As decisões estão marcadas para os dias 21 a 23 de Novembro, em Foz do Iguaçu.

Na classificação geral do torneio, que contabiliza também as demais fases da competição, o time soma oito vitórias em oito jogos, com 315 pontos marcados e 88 sofridos. A supremacia da equipe não é fato recente: o time não perde dentro do Paraná desde 2012 e já emplaca 31 vitórias consecutivas.

Os bons resultados passam, também, pela boa forma dos atletas. Os Tubarões contam com três nomes entre os dez atletas que mais marcaram pontos no campeonato, os “cestinhas”. Vinícius da Luz lidera o ranking com 128 pontos marcados, mais de um terço do total da equipe. Diouki de Oliveira e William Motta estão em quinto e oitavo, com 55 e 42 pontos marcados para cada, respectivamente.

“Boa parte da minha pontuação se deve a posição em que jogo”, diz o cestinha Vinícius. “Como sou pivô, é normal que a bola sobre um pouco mais na minha mão, mas isso é mérito de toda a equipe, que trabalha para que eu fique melhor posicionado”, relata o jogador, que compete pelos Tubarões da APEDEF desde 2008.

Além do brilho individual, a dedicação do grupo também tem feito a diferença. “Os bons resultados são resultado do empenho e dedicação dos atletas. Existe um compromisso individual e coletivo em relação às vitórias”, afirma Ben Hur Chiconato, treinador da equipe.

“Nós tornamos o time a ser batido. Não sei quanto tempo vai durar esta invencibilidade. Todos querem nos vencer. Tenho trabalhado o espírito de cada jogador para que ele não perca o foco e a confiança”, completa.

Na fase final, em Foz de Iguaçu, os Tubarões devem enfrentar o Fênix, de Curitiba, – último time a vencer a equipe ponta-grossense, na final do campeonato paranaense de 2012 – o Harpia de Fronteira, que joga em casa, e o IFL, de Londrina.

A tabela completa da classificação dos times, placares dos jogos, e a lista de maiores pontuadores do campeonato podem ser encontrados no site da Federação Paranaense de Basquete em Cadeira de Rodas.