A Associação Artesanal do Excepcional (Assarte) promove no dia 28 de junho um chá beneficente, no ginásio da própria escola. Durante o evento, estarão à venda os artesanatos feitos pelos alunos, além das peças em tricô e crochê produzidas pelo Clube de Mães.

O chá será aberto à comunidade. “Sempre tem adesão, a gente convida e eles vêm prestigiar e nos ajudam comprando alguma coisa”, informa a diretora da escola, Rosane Cardoso.

Os alunos da Assarte têm um trabalho especial de capacitação técnica nos mais variados artesanatos, respeitando as possibilidades e criatividade de cada um.

“Eles produzem crochê, bordado, chinelos, bijuterias, cartões, porta-joias, entre outros, mas o que mais tem saída mesmo são as flores”, diz Rosane. Ela conta que, no mês passado, os artesanatos estiveram em exposição no Cine Teatro Ópera. “Nos deu uma visibilidade grande”.

Além dos artesanatos propriamente ditos, existem mais dois programas: a cestaria e a marcenaria. Seguindo o ritmo especial de cada um, a parte de cestaria ensina todo o processo de confecção de peças com jornais.

Na marcenaria, os alunos procuram desenvolver os mais diversos tipos de peças de madeira. “É um ensino-aprendizagem simples mas que valoriza o ser humano em suas expectativas de produção de uma atividade, buscando despertar o interesse pela área”, expõe a assistente social da escola, Simone Farias.

A Assarte também conta com o apoio do Clube de Mães, que produz trabalhos em tricô e crochê para venda e arrecadação revertida para a escola. O Clube funciona faça chuva ou faça sol e conta com mais de 20 senhoras.

Entre as participantes está uma das idealizadoras da escola e mãe do primeiro aluno, Vanda Urba. “A gente sente prazer em ajudar quem ajuda nossos filhos”, define.

Arquivo comunitário:

05/05/2013 - Escola Assarte oferece nova sala de informática e biblioteca