astrama1-20-12-11A Associação de Trabalhos Manuais São José (ASTRAMA) acredita no trabalho como possibilidade de reintegração social. Em um ano e meio trabalho, obteve 80% de êxito na ressocialização de egressos da Penitenciária Estadual de Ponta Grossa.

Trabalho possibilita construção de  um novo caminho

Em 2012, muda o processo de seleção de trabalhadores

Nova parceria amplia possibilidades para ASTRAMA

EDITORIAL: Oportunidade de ressocialização

 


Todos os trabalhadores envolvidos com a produção da marcenaria e da fábrica de tijolos ecológicos passaram pela penitenciária. Hoje, eles têm a possibilidade de uma nova vida, trabalhando associados com a ASTRAMA.

O trabalho com egressos de penitenciária acontecia nas dependências da igreja São José. Os trabalhadores dedicavam seu tempo à construção de móveis.

Tudo começou com as visitas evangelísticas dos diáconos Josué e Petit à penitenciária. Os presos participantes das novenas ministradas pelos diáconos passaram a ser incorporados aos trabalhos da marcenaria e, mais tarde, com a criação da associação, à confecção de tijolos ecológicos.

Petit entende esse trabalho como uma obra designada por Deus. Para ele, é importante dar uma oportunidade a quem não vê mais esperança no futuro.

Ele diz que entende o preconceito das pessoas com relação a um recém saído da penitenciária. "É necessário estender a mão para que eles entendam o seu valor diante da sociedade".

Edimilsom Silva vê na ASTRAMA a única possibilidade de trabalho. Ele revela que percebe o receio das pessoas com relação ao fato de ser um ex detento.

"Hoje eu sustento minha família graças a esse trabalho". Desde o início do projeto, a Astrama já atendeu cerca de 30 egressos. Desse número, 20% voltaram para a criminalidade. "Só não conseguimos ter exito com aqueles que eram usuários de crack", lamenta Pettit.

Próximo bloco: Trabalho possibilita construção de  um novo caminho

Veja também

12/12/2011 - Egressos do sistema prisional são acolhidos por entidades sociais

28/09/2011 -  ASTRAMA e Prefeitura promovem curso para egressos de penitenciária