altOs funcionários do Banco do Brasil, em Ponta Grossa e região, retornaram ontem às atividades. Eles aceitaram o reajuste salarial de 6% apresentado pela empresa em assembleia. A proposta aprovada também contempla outros itens, dentre eles: aumento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR), reajuste de 3% no piso salarial e isonomia entre funcionários novos e antigos. Já os funcionários da Caixa (foto) rejeitaram a proposta do banco.


O texto propõe reajuste de 6% e a utilização, na Caixa, do mesmo cálculo de PLR da rede particular. Segundo o presidente do Sindicato dos Bancários de Ponta Grossa, Gilberto Leite, esse cálculo torna a distribuição do lucro desigual, pois o banco tem muitos funcionários e lucratividade menor do que os privados.

Os funcionários voltam a se reunir na próxima terça-feira (13/10) para discutir o movimento. As agências seguem fechadas por tempo indeterminado.

Não há previsão de data para apresentação de nova proposta pela Caixa.

alt