Segundo dados do Sindicato dos Bancários, greve tem 80% de adesão na cidade. Movimento continua até que uma proposta seja apresentada pela Federação Nacional dos Bancos.

A Greve Nacional dos Bancários completa duas semanas, com cerca de 13 mil agências fechadas em todo o País. No Paraná mais de 25 mil bancários estão em greve. Segundo dados do Sindicato dos Bancários, em Ponta Grossa a taxa de adesão é de 80% e na região atinge 70%.Todos os bancos públicos estão parados.

 
Marcos Constantin é bancário da rede pública e exerce atividades sindicais. Segundo ele, em toda a região 83 agências estão paradas, sendo 48 em Ponta Grossa e 35 nas outras cidades. “É um número expressivo de agências paradas e isso mostra a insatisfação dos trabalhadores”, afirma Gilberto Lopes, Presidente do Sindicato.


Para Gilberto as empresas bancárias têm articulado mecanismos para desestabilizar a greve. “Os banqueiros simulam situações, pressionam os trabalhadores e criam liminares para abertura das agências, ferindo o Direito Constitucional à greve”, afirma.


Gilberto destaca que o Sindicato permanece aberto à uma proposta digna para ser votada em assembléia. “O movimento continua forte e este é o momento para o banqueiro por a mão na consciência e resolver a situação dos bancários”, comenta. Durante a semana serão realizadas reuniões para repasse de informações aos trabalhadores.

DSC 0007 900x602

Arquivo Comunitário:
21.11.2013 - Para Sindicato, greve dos bancários tem adesão satisfatória
06.05.2013 - Bancos ignoram cobranças sindicais