Após 23 dias em greve, bancários de Ponta Grossa e região decidem pelo fim da paralisação. Em assembléia realizada na sexta-feira (11/10) os bancários aprovaram a proposta oferecida pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban).

Na manhã de sexta, a Fenaban apresentou uma proposta de 8% de aumento salarial e 8,5% nos pisos salariais. Além disso, foi aprovado 10% de reajuste sobre o valor fixo da regra básica de participação nos Lucros e Resultados (PLR), dentre outras reivindicações.

Os trabalhadores terão que repor os dias em que ficaram parados trabalhando uma hora a mais por dia, de segunda a sexta, até 15 de dezembro. A compensação deve ser feita a partir da assinatura de Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).


Na segunda-feira (14/10) os trabalhadores dos bancos públicos e privados retornam às atividades normais.

Arquivo Comunitário: Greve dos bancários tem adesão em 48 agências de Ponta Grossa