Palhaços divertem crianças do Bando da Leitura durante o Sorvete com Poesia

O grupo, voltado à promoção da leitura, já está realizando as atividades de fechamento de 2016 e a programação de festividades de fim de ano. Na última sexta-feira, dia 16, o Bando da Leitura se reuniu para os preparativos da festa de natal, oficina de enfeites e cartões. Dias antes, foi a vez do evento Sorvete com Poesia.

Cerca de 20 crianças integrantes do Bando da Leitura participaram, no dia 9, do Sorvete com Poesia. O evento foi realizado em um estabelecimento comercial do bairro Oficinas.A brincadeira é uma das dinâmicas que fazem parte do grupo desde seu primeiro ano de funcionamento. Ela consiste na interação do saber com o sabor, em que cada criança escreve uma poesia em acróstico com o nome de algum colega.

Durante a atividade, dois animadores de festa interagiram com as crianças. Marco Antune, que faz um dos personagens, o palhaço Canjica, explica que está envolvido com o Bando da Leitura desde seu início, há 10 anos. Para ele, envolver a brincadeira com a literatura é uma das formas mais práticas para o desenvolvimento intelectual e lúdico das crianças.

Eliane Gregório, que trabalha em Oficinas, conheceu o trabalho do Bando durante as atividades na sorveteria. Ela tem duas filhas pequenas e revela que não se dispõe a contar histórias. Eliane pretende participar de outras atividades junto a suas filhas, pois considerou o trabalho interessante.

A responsável pelo Bando da Leitura, Lucélia Clarindo, explica que a dinâmica é uma das mais tradicionais. Durante todo o ano, as crianças juntam moedas para comprar os sorvetes. Lucélia considera necessária a realização de atividades externas, mas que não são muito frequentes pela segurança das crianças.

Rodas de leitura e outras atividades acontecem na casa de Lucélia, dentro da programação do Bando da Leitura. Nas festividades de fim de ano, apresentações de peça de teatro já foram realizadas no começo do mês.