Imprimir

As Agentes Comunitárias da Unidade de Saúde José da Silva Ribeiro, localizada no Jardim Esplanada, constatam nas visitas às famílias que a falta de esgoto no bairro diminui a qualidade de vida da população e é responsável pela proliferação de diversas doenças.

O objetivo principal das agentes é prevenir doenças e acompanhar os moradores da comunidade. Rosana Ramos Lima afirma que é complicado tratar as doenças causadas pela falta de saneamento básico: “a maioria delas acaba voltando, já que questões como a falta de esgoto continuam sem solução no local”.

O projeto de visita das agentes comunitárias de saúde pela região faz parte do programa da prefeitura 'Saúde da Família'. As visitas são acompanhadas por um enfermeiro, que atua como instrutor-supervisor e é o responsável pela capacitação das agentes.

De acordo com a agente comunitária Liliane Batista, o trabalho exige “conhecer muito bem a comunidade, para que, assim, possam ser realizados programas preventivos contra doenças”. Ela ainda afirma que já constatou que o esgoto a céu aberto é o principal fator causador de doenças.

A agente comunitária de saúde Silvia de Jesus Rocha afirma que tenta conscientizar as famílias durante a visita: “eu busco mostrar à família o risco de deixar as crianças brincarem em esgotos ou até mesmo de deixá-las correr descalças, já que em muitos lugares o solo é contaminado pelos dejetos que não são coletados devidamente. Ações como essa de conscientização ajudam a população e previnem diversas doenças”.

Texto anterior: Moradores enfrentam verminoses e outras doenças

Categoria: Boa Vista
Acessos: 1642