A nova gestão, presidida por João Brek, pretende lutar pela reabertura do CAS da vila, que segue parado há dois anos, melhorar a segurança dos moradores e unir a comunidade por meio de eventos na sede da associação. A eleição aconteceu no dia 22 de fevereiro e a tomada de posse no dia oito de março.

A nova diretoria da Associação de Moradores do Parque Nossa Senhora das Graças, que tomou posse no último sábado (8), traz entre as principais propostas a reabertura do Centro de Atenção a Saúde (CAS), melhoria na segurança da vila, eventos para unir a comunidade e reforma na sede da associação.


Segundo o presidente, João Brek, a intenção da nova diretoria é dar prioridade ao CAS, que está parado há dois anos. “Já temos até reunião marcada na Câmara de Vereadores para resolver essa questão, esperamos que dê resultado”.


A nova diretoria também pretende lutar por mais segurança no bairro. Segundo a vice-presidente, Anezita Antonelli, quando o bairro era menor, a polícia passava duas vezes por noite para fiscalizar. “A nossa intenção é que volte isso, para garantir segurança para os moradores”.


João Fiuza, morador do Parque Nossa Senhora das Graças há 12 anos, afirma que acompanha frequentemente as atividades da vila. “A associação é muito importante, porque une os moradores por meio dos eventos e faz com que a gente participe das discussões que nos interessam diretamente”.


A eleição para nova diretoria da associação aconteceu no dia 22 de fevereiro, das 14 às 17 horas. De acordo com os dados fornecidos pela União das Associações de Moradores de Ponta Grossa (UAMPG), ao todo foram 193 votantes, sendo 129 votos para a Chapa 2 (vencedora), 62 votos para a Chapa 1 e dois votos nulos.


Além de João Brek e Anezita Antonelli, a diretoria também é composta por: Marcos Ferreira (primeiro secretário), Glaci Alves (segunda secretária), Eliandro dos Santos (primeiro tesoureiro), Marcos Fernandes (segundo tesoureiro), Clarice Colman (representante UAMPG) e Paulo Breulan (suplente).