altA Sociedade Afro-Brasileira Cacique Pena Branca se mantém através da ajuda de amigos, empresas de Ponta Grossa e venda de materiais. O auxílio que vinha de um repasse federal deixou de ser efetuado devido à reestruturação da Lei Orgânica da Assistência Social. Mais de cem famílias participam dos projetos desenvolvidos pela Sociedade, como a Casa de Aprendizagem Criança Feliz e o Clube de Mães.

altMoradores da região do Jardim Santa Luzia se beneficiam com o bazar promovido pela Sociedade Afro-Brasileira Cacique Pena Branca neste final de semana.
Com mais de duas mil peças de até quatro reais, o evento espera arrecadar verbas para as reformas da sede da Sociedade e auxiliar na compra de materiais para o Clube de Mães e para a Casa de Aprendizagem Criança Feliz.


No mês da abolição da escravatura, Sociedade  Afro-brasileira Cacique Pena Branca comemora e lamenta a discriminação