corrupcao5-02-12-11Acontece entre os dias 3 e 9 de dezembro em Ponta Grossa a Semana de Combate à Corrupção. Várias entidades da cidade se reuniram para realizar diversos eventos referentes ao tema, inclusive um ato público no Calçadão da Coronel Cláudio.

 

 

A Organização das Nações Unidas (ONU) escolheu o dia 9 de dezembro para lembrar a necessidade de combater a corrupção em todo o planeta. Em Ponta Grossa, a data será marcada por uma manifestação a partir das 11h.

Os organizadores compraram cerca de 500 vassouras que devem ser utilizadas para varrer pedaços de papel com frases sobre mal uso de dinheiro público, nepotismo, desvio de verbas, entre outras.

Ermar Toniolo, presidente do Observatório Social, acredita que, por estarem sendo organizadas em várias cidades do país, as manifestações vão chamar a atenção dos governantes.

“O Brasil todo vai tentar sensibilizar os representantes da população, que hoje infelizmente não nos representam mais. Ponta Grossa não podia ficar de fora”, diz.

O ato público está sendo organizado pelo Comitê Ponta Grossa de Combate à Corrupção, formado pelo Observatório Social, Conselho de Entidades, Diretório Central dos Estudantes (DCE) e Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG).

Para Joel Oliveira, coordenador geral do DCE, é necessário chamar a atenção da sociedade para os problemas que ocorrem em Ponta Grossa e no Paraná.

“Estamos cansados de ver a corrupção nos jornais de todo o Brasil, mas ela também existe em nosso estado e na nossa cidade, só que ninguém fala nada. Precisamos mostrar para os representantes do poder público que estamos de olho”, afirma.

No mesmo dia, também haverá uma mesa de debates sobre o tema na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o lançamento do manifesto 'Carta de Ponta Grossa contra a corrupção'. Estudantes da UEPG fizeram um programa em sua rádio ao ar livre nesta quinta-feira, dia 1º, para debater o tema.

Veja também

05/11/1011 - Observatório Social atua na fiscalização dos cofres públicos