comerciarios1-04-12-11

As novas contratações no comércio chegam com a abertura de 50 novas lojas no Shopping Palladium, um mercado de rede no Santa Paula e outra loja de grande porte no centro da cidade. Mas a expansão pode trazer problemas ao trânsito central.
 

Sindicato preza pelo cumprimento dos direitos dos funcionários
 

Empresas buscam profissionais com qualificação
 

Abertura de novas lojas pode piorar o trânsito
 



As contratações no comércio de Ponta Grossa no final desse ano são atípicas, pois novas lojas estão vindo para a cidade e irão inaugurar até o inicio do próximo ano. Ao todo, a expectativa é de 850 novos empregos em lojas e mercados.

Com a ampliação do Shopping Palladium, 50 novas lojas passam a funcionar, como a Renner, Centauro e Riachuelo. No mercado da rede Carrefour, que já inaugurou na cidade, foram contratados 350 funcionários.

De acordo com o Presidente do Sindicato dos Comerciários, João Vendelin, esse número de empregos é temporário, já que em inaugurações as contratações são maiores do que as possíveis efetivações.

“Esse é um fenômeno comum no comércio, quando a loja é novidade atrai mais clientes, por isso a necessidade de mais funcionários, mas isso tende a diminuir nos meses posteriores a abertura da loja”.

Isso também pode ocorrer na Havan, que começa a funcionar no inicio do próximo ano. Lá a previsão é de 100 contratados.

Essa expansão no comércio de Ponta Grossa, no entanto, tem implicações no trânsito já congestionado do centro da cidade. As novas lojas ampliarão o número de clientes e, portanto, de automóveis rodando pelas principais ruas.

Segundo o presidente da Comissão Municipal de Trânsito de Ponta Grossa, George Luiz de Oliveira, está previsto um aumento significativo no congestionamento do trânsito na cidade, mas há projetos para tentar amenizar a situação.

Próximo bloco: Sindicato preza pelo cumprimento dos direitos dos funcionários

Veja também

28/09/2011 - Sindicato dos Comerciários busca esclarecer dúvidas trabalhistas