altTodos conhecem a “avenida dos barzinhos”  de Ponta Grossa, denominada Av. München. O que quase ninguém sabe é que no Núcleo Santa Paula também existe uma rua com esse nome. No entanto a segunda Av München, construída para se igualar à sua antecessora, gradualmente parou de funcionar e hoje conta apenas com o comércio local.



altA partir da Campanha Estadual de Combate à Hanseníase, a 3ª Regional de Saúde, juntamente com alunos do Pró-ensino, informaram os moradores do Santa Paula sobre a doença, seus sintomas e tratamento.
A ação aconteceu na tarde do dia 28 de maio e abrangeu a unidade de saúde, residências, postos e borracharias.

altA sede da Associação de Moradores do Núcleo Santa Paula passará por uma reforma, com diversas melhorias na estrutura. As atividades realizadas no prédio foram canceladas desde a semana passada, por orientação da Secretaria do Planejamento. Elas deverão voltar a acontecer após 120 dias, data prevista para o fim da obra. No entanto a Prefeitura Municipal ainda não assinou a ordem de serviço.

A festa em louvor à Nossa Senhora Mãe da Igreja ocorreu no domingo, dia 11 de outubro. Cerca de 300 pessoas participaram da comemoração na Capela da Vila Ricci. A realização da festividade contou com a ajuda da comunidade. A animação contagiou quem passou pelo evento. As pessoas se divertiram com o bingo e também aproveitaram para colocar o papo em dia.

altO projeto Escola da Bola promove treinos de futsal e voleibol para os jovens da comunidade do Núcleo Santa Paula. Durante todos os dias da semana, a partir das 14 horas, meninos e meninas se encontram no ginásio do bairro para jogar. Para entrar no projeto, os alunos precisam frequentar a escola e obter a permissão dos pais.

altO campo de futebol da Vila Ricci possui grandes problemas estruturais. O local em que eram disputados inúmeros torneios de futebol não é, atualmente, nem sombra do que já foi.

alt Toda última terça-feira do mês, a Pastoral da Criança realiza atividades na Vila Ricci. O objetivo é acompanhar o crescimento das crianças com até três anos de idade.  A ação, que acontece há aproximadamente oito anos no bairro, tem cerca de 40 participantes. Os encontros são na Igreja Nossa Senhora Mãe da Igreja, a partir das 14 horas.

 

alt altFaltam voluntários para coordenar atividades na Associação de Bairro Espírito Santo.

O problema é apontado como a principal causa da ausência de grupos como idosos e clube de mães.
Para Rosângela, faltam pessoas que motivem a comunidade

Cerca de 300 pessoas votam para escolher a diretoria. A região possui em média seis mil moradores.