X Semana da Resistência oferece diversas palestras e oficinas

A democratização da mídia é um tema que ganhou destaque após as manifestações populares de 2013, com a insatisfação da sociedade diante da atuação da mídia hegemônica. O assunto se tornou tema da X Semana da Resistência. O evento está sendo realizado pelo Centro Acadêmico de Jornalismo (CAJOR) no Grande Auditório do Campus Central da UEPG, entre os dias 12 e 16 de maio.

"No Brasil, convivemos com uma mídia que é antidemocrática, na medida em que ela é oligopólica. Nós temos oito grandes famílias comandando praticamente toda a radiodifusão no país. Tendo isso, é lógico que a gente não vai se sentir representado pela televisão”, explicou a professora Cíntia Xavier, do Departamento de Jornalismo, sobre uma das razões que levaram à escolha do tema.

Nicoly França, do CAJOR, diz que o tema Luta pela Democratização da Mídia é muito importante para os estudantes, pois que estão próximos de entrar no mercado de trabalho.

 “Uma mídia democrática é importante para toda a sociedade, uma vez que todos têm o direito à informação, de forma clara e transparente”, explica a estudante.

 Para a X Semana da Resistência estão sendo preparadas oficinas e palestras. Este ano, o grupo que organiza a Semana tentou equivaler o número de palestras ao de oficinas, para otimizar o aproveitamento do evento. 

“O objetivo é que os estudantes possam aproveitar o tempo livre da sala de aula e aprenderem mais sobre jornalismo segmentado. Assim, vamos oferecer oficinas de quadrinhos, efeitos de vídeo, fonoaudiologia, foto”, afirma a secretária da X Semana de Resistência, Carine Cruz. 

Oficinas confirmadas: 

  •  Fotografia, com Rodrigo Czekalski; 
  • Transmissão ao vivo e reportagem com dispositivos móveis, com a professora Elaine Javorski; 
  •  Quadrinhos, com André Caliman e Antônio Eder;
  •  Fonoaudiologia, com Daniela Almeida.