A moradia temporária para indígenas, que está situada próximo à avenida principal do bairro Uvaranas, está totalmente abandonada pelo poder público

A única moradia de passagem destinada ao povo indígena na cidade de Ponta Grossa enfrenta dificuldades há mais de três anos. Os principais problemas são a falta de segurança, que é porta de entrada para o vandalismo e a depredação do patrimônio.

Prefeitura de Ponta Grossa tenta se isentar da responsabilidade
Pessoas que vivem perto da Casa de Apoio ao Indígena estão amedrontadas

A falta de infraestrutura também é outro problema, já que a casa não é adaptada para os hábitos do povo indígena. A falta de limpeza e de manutenção também torna o abrigo inadequado para acolher os índios.

Ao observar a moradia, é visível que as condições são quase desumanas. Desde o incêndio que aconteceu na casa em abril de 2013, o local não passa por reformas.

De acordo com informações publicadas, na época, pelo jornal Diário dos Campos, o incêndio foi gerado quando indígenas, que estavam alojados no local, tentavam cozinhar utilizando uma fogueira. O fogão da casa havia sido furtado.

Segundo o atual secretário de Assistência Social de Ponta Grossa, Júlio Küller, é realizado, a cada 15 dias, o serviço de limpeza da Casa de Apoio.

A casa de apoio ao indígena destina-se principalmente aos índios da tribo Kaingang. Esta tribo viaja por todo o Paraná e pernoitam nas casas de apoio ao indígena em Ponta Grossa, para poder vender seus artesanatos. Essa tribo está presente  há séculos no Planalto Sul do Brasil.

Segundo o site Povos Indígenas do Brasil, a perpetuação e sofrimento de integrar-se com a população branca vem de séculos, como traz no site: “As primeiras tentativas de conquista e ocupação efetiva dos campos e florestas pertencentes aos Kaingang se iniciam na província do Paraná (que incluía a maior parte do Estado de Santa Catarina), na segunda metade do século XVIII”.

Para saber mais sobre a origem dos indígenas Kaigangs, basta acessar o site: http://pib.socioambiental.org/pt/povo/kaingang/287