No começo da era contemporânea, o Brasil se destacava pelo grande investimento nas redes ferroviárias, é só conferir o número de cidades e bairros que levam nomes de engenheiros responsáveis por essas obras para observar a importância dos trens no país nessa época.

Os problemas desencadeados pela falta de estrutura e de planejamento nos bairros frequentemente é abordado pelo Portal Comunitário. Desta vez o tema que se repete é a falta de asfaltamento que levanta muito pó no bairro, que somado à areia que também é espalhada por lá, devido a presença os portos de areia causa problemas de saúde.

A cada ano a população carcerária cresce e poucos presídios são construídos para atender à demanda das condenações. Atualmente o Brasil está entre os dez países com o maior número de presos, superando a marca de meio milhão de detentos. O número constantemente superior ao comportado e as condições precárias agravam a situação.

Imaginar que existem locais públicos que ainda não se adaptaram a lei de acessibilidade é quase impensável. Contudo, é desta forma que a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) se encontra atualmente. Os dois campi da cidade, embora tenham passado recentemente por algumas adaptações, como a instalação de elevadores, ainda apresentam alguns obstáculos físicos para o estudante com deficiência física.

Atualmente, a deficiência física é definida, de acordo com o Decreto n° 3.298/99, como toda perda ou anormalidade de uma estrutura ou função psicológica, fisiológica ou anatômica que gere incapacidade para o desempenho de atividade dentro do padrão considerado normal para o ser humano.

Em setembro de 2011, a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa promulgou a lei 10.738. Contudo. Depois de mais de dois anos de decreto, só agora o poder público da cidade mostra competência para aplicá-la.

Os últimos anos foram marcados pela redução do IPI (imposto sobre produtos industrializados), o que resultou em um boom na compra de carros no país. O que por um lado é bom, já que pessoas que anteriormente não tinha condições de ter um automóvel agora tem, por outro, essa facilidade acarreta em vias sobrecarregadas, principalmente em cidades não planejadas, como Ponta Grossa.

Em 2013, o Ministério da Saúde brasileiro fez um levantamento sobre os problemas enfrentados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), após a coleta desses dados, foi obtida uma nota de 5,4, em uma escala de 0 a 10, para a saúde pública nacional. O número está muito abaixo do aceitável, tendo em vista a pujância econômica que o país alcançou nos últimos anos.

No dicionário, a palavra PAVIMENTAÇÃO é descrita como “revestimento do chão de uma estrada ou rua”. Depois da definição, podemos afirmar que pavimentação é uma realidade distante da maioria dos moradores do bairro Contorno.

Talvez você não saiba, mas nosso Estado também tem raízes africanas – cerca de 25,8% da população é negra de acordo com os dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mesmo que Ponta Grossa seja considerada uma cidade de origens europeias, a presença de negros e pardos é grande na população.