Imprimir

 

A notícia "Grupo Renascer promove primeiro concurso de beleza gay", publicada pelo Portal Comunitário no dia 28/03/11, foi retirada do ar no dia 31/03 devido à notificação de erro feita por leitores tanto no espaço de comentário como através do envio de e-mail ao Portal. Após a verificação e correção das informações, o Portal faz a republicação da matéria neste dia 14/04. 

Pedimos desculpas pela falha, informando que a correção no banco de dados do site é o procedimento adotado sempre aqui no Portal Comunitário, juntamente com o esclarecimento nesta seção. As alterações nos arquivos são necessárias para que os leitores não fiquem em contato com informações incorretas, já que um dos pontos positivos da internet é possibilitar o acesso público por tempo ilimitado ao material anteriormente publicado.

Se você identificar algum erro no conteúdo publicado em qualquer área deste site, comunique-nos. Para isso, é só enviar uma mensagem, por meio do botão "Contato" (encontrado na coluna à direita da página inicial).

 

Confira as alterações:

O título "Grupo Renascer promove primeiro concurso de beleza gay" foi alterado para: "Inscrições do concurso Miss Gay encerram-se dia 17". Neste caso, a mudança visou à correção da informação, pois o Grupo Renascer não é promotor do concurso e sim uma entidade apoiadora do evento, e também buscou destacar o prazo para inscrições, já que a republicação da notícia está ocorrendo apenas no dia 14/04.

No corpo da matéria, também houve alterações, no que diz respeito à correção da informação sobre o tipo de participação do Grupo Renascer no evento. Veja a seguir o texto alterado e, na sequência, o texto original.

 

Texto alterado (publicado em 14 de abril):

Ponta Grossa terá pela primeira vez um concurso para o destaque da beleza homossexual. O Miss Gay Ponta Grossa é uma iniciativa de Rafaela Katz e Brenda Licious.

O evento contará com o apoio do Grupo Renascer, que presta assistência a homossexuais e transexuais da cidade e luta contra o preconceito. A entidade receberá parte dos lucros obtidos com a venda dos ingressos.

A vencedora concorrerá ao Miss Paraná Gay e à etapa final do concurso é o Miss Brasil Gay. O intuito do evento é aproximar a comunidade GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transexuais) do debate político sobre o preconceito que este grupo ainda enfrenta na sociedade.

Rafaela Katz, uma das organizadoras do concurso, diz que a intenção não é afirmar a marginalidade dos homossexuais. “Queremos mostrar a beleza dos gays e incentivar a comunidade a interagir com esse grupo”, observa.

Regina P. Rosa, tesoureira do Grupo Renascer, destaca a importância do concurso para a legitimação dos homossexuais e transexuais de Ponta Grossa. No entanto, Regina lembra que a maioria das candidatas é de cidades vizinhas. “É triste que haja poucas candidatas de Ponta Grossa. Os gays daqui têm medo de se expor”, analisa.

Regina relata que, por ser o primeiro concurso de beleza gay a ser realizado na cidade, o Miss Gay Ponta Grossa foi registrado em cartório pelos organizadores.

As inscrições, que estão abertas desde o dia 15 de março e vão até 17 de abril, pretendem abranger não só o público de Ponta Grossa mas também de cidades vizinhas como Castro, Carambeí, Palmeira, Tibagi, Telêmaco Borba, Guarapuava, Irati entre outras.

O Miss Gay, que acontecerá no dia 28 de abril no Empório Avenida, na Avenida München, tem até agora nove candidatas e o número máximo permitido de participantes é 15. O valor da entrada para o evento será de R$10,00.

 

 

Texto original (publicado em 28 de março)

Ponta Grossa terá pela primeira vez um concurso para o destaque da beleza homossexual. O Miss Gay Ponta Grossa será realizado com o apoio do Grupo Renascer, que presta assistência a homossexuais e transexuais da cidade e luta contra o preconceito.

A vencedora concorrerá ao Miss Paraná Gay e a etapa final do concurso é o Miss Brasil Gay. O intuito do evento é aproximar a comunidade GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transexuais) do debate político sobre o preconceito que este grupo ainda enfrenta na sociedade.


Rafaela Katz, uma das organizadoras do concurso, diz que a intenção não é afirmar a marginalidade dos homossexuais. “Queremos mostrar a beleza dos gays e incentivar a comunidade a interagir com esse grupo”, observa.


Regina P. Rosa, tesoureira do Grupo Renascer, destaca a importância do concurso para a legitimação dos homossexuais e transexuais de Ponta Grossa. No entanto, Regina lembra que a maioria das candidatas é de cidades vizinhas. “É triste que haja poucas candidatas de Ponta Grossa. Os gays daqui têm medo de se expor”, analisa.


Regina relata que, por ser o primeiro concurso de beleza gay a ser realizado na cidade, o Miss Gay Ponta Grossa foi registrado em cartório pelos organizadores.


As inscrições, que estão abertas desde o dia 15 de março e vão até 17 de abril, pretendem abranger não só o público de Ponta Grossa mas também de cidades vizinhas como Castro, Carambeí, Palmeira, Tibagi, Telêmaco Borba, Guarapuava, Irati entre outras.


O Miss Gay, que acontecerá no dia 28 de abril no Clube Sírio Libanês, tem até agora nove candidatas e o número máximo permitido de participantes é 15. O valor da entrada para o evento será de R$10,00. De acordo com os organizadores do concurso, 10% do lucro obtido com os ingressos será revertido para o Grupo Renascer.

 

 

Categoria: Erramos