frentistas-19-12-11

Localizada na  Rua do Rosário, nº 54, a sede própria será inaugurada em fevereiro. Mas, a partir de janeiro de 2012, o Sindicato já começa seu atendimento no novo endereço. O objetivo é deixar de pagar aluguel e facilitar o acesso dos trabalhadores.


 
O Sindicato dos Frentistas irá mudar para uma sede própria em 2012. Os atendimentos já iniciam em janeiro, e a inauguração será em fevereiro.

O local situa-se no centro da cidade, na Rua do Rosário, número 54. Segundo Jacir dos Santos, presidente do sindicato, o centro facilitará o acesso dos associados e, como não há necessidade de reformas, o sindicato economizará seus recursos financeiros.

A compra ocorreu em novembro de 2011. Um dos fatores da mudança foi o pagamento do aluguel. “Na antiga sede nós pagávamos aluguel, agora temos uma casa própria”, afirma o presidente.

O sindicato pagou R$ 230 mil para adquirir a propriedade. Parte deste valor veio da contribuição mensal dos frentistas associados, de R$ 20,00.

O local da nova sede gera contradições entre os frentistas. Para Sérgio Chagas, frentista da Rede Juninho e associado há 10 anos, a mudança não interfere na sua vida. “Não vou muito ao sindicato. Não vai ser uma grande mudança”. Segundo Chagas, a importância de ser associado são os benefícios do aumento salarial, convênio médico e processos judiciais.

Já para Eraldo Machado, frentista da Rede Pianowski, o novo local facilitará o acesso ao sindicato. “Sempre vou ao sindicato para buscar assistência médica. Agora vai ficar mais perto, posso sair do meu trabalho e ir direto para lá”. A empresa também situa-se na Rua do Rosário.