Os agricultores que firmaram parceria com o Sindicato dos Frentistas no mês de Junho deste ano não realizam mais feira de alimentos no local.

Segundo o diretor do sindicato, Danilo Kieltika, a decisão partiu dos próprios feirantes que ocupavam o espaço. “Foi decisão deles pararem com a atividade sem nenhum motivo aparente”, afirma Danilo.

O espaço era cedido pelo sindicato gratuitamente, e todo lucro da venda dos produtos era dos agricultores.


O representante do sindicato Rural de Ponta Grossa, responsável pela coordenação das atividades no sindicato, Benedito Carvalho de Oliveira Silva, comenta que a feira foi cancelada por vontade dos feirantes.