Nesta segunda, dia 26, o Sinpospetro, sindicato responsável pelos frentistas, e o SindiCombustíveis, que engloba os donos de postos, se encontram para discutir reajuste salarial. Hoje, os trabalhadores recebem R$ 1,084,61. A última contra-proposta feita pelos empregadores foi de 7%.

 Os frentistas e demais empregados de postos e serviços de combustíveis do município se reúnem, mais uma vez, para discutir a proposta de reajuste salarial. A categoria reivindica 20% de aumento do salário e a melhoria na qualificação profissional dos trabalhadores. A discussão acontece na próxima segunda-feira, 26.

Conforme explica o presidente do Sindicato dos Frentistas de Ponta Grossa (Sinpospetro-PG), Jacir dos Santos, a última contra-proposta oferecida pelo Sindicato Patronal foi de 7%.

“Pedimos na pauta 20%. Claro que não vai chegar nisso, mas é um pedido para que tenhamos um parâmetro para negociar”, afirma. Segundo Jacir, se a contra-proposta ficar entre 9% e 9,5%, há possibilidade de acordo.

Hoje, o salário da categoria é de R$ 834,32 mais o adicional de 30% de periculosidade (valor devido aos trabalhadores expostos à condição de risco), o que dá R$ 1,084,61.

O Sindicato apresentou a pauta de reivindicações em março, e a primeira negociação ocorreu em abril. “Espero que, na segunda, a gente dê uma avançada para que os trabalhadores possam receber um salário novo”, afirma o presidente.

A auxiliar administrativa do Sindicato, Kasue Takasugi, esclarece que antes da negociação da data-base, são feitas reuniões nos principais municípios para verificar a situação de trabalho da categoria.
    
Existem 74 cláusulas (exigências) que fazem parte da pauta de reivindicações. Além do reajuste, o Sindicato cobra por qualificação dos profissionais.
    
A Secretaria do SindiCombustíveis não quis adiantar informações sobre as negociações, mas afirmou que a previsão é que um acordo entre os trabalhadores e o patronato seja feito ainda neste mês.

Arquivo comunitário

06/07/2013: Frentistas se reúnem e aprovam greve no Paraná com início dia 10