Imprimir

forum1-24-09-09Na última terça-feira, 22 de setembro, marcou o Dia Mundial Sem Carro. A data foi lembrada por uma mobilização no pátio do Bloco C do Campus Central da UEPG, ao meio-dia. Cerca de 50 pessoas participaram do ato promovido pelo Fórum Social em Defesa de Políticas Públicas. Uma rádio foi montada ao ar livre, e representantes da comunidade falaram sobre a importância da data.

 


“Um mundo melhor com menos carro”. Essa foi a proposta do painel temático que reuniu  vários representantes de instituições e movimentos sociais da cidade. O representante da Incubadora de Empreendimentos Solidários da UEPG (IESOL), Alnary Rocha Filho, lembrou que essa é também uma oportunidade para reivindicar melhorias no transporte público da cidade.

“Não é só reivindicar o preço da passagem, que é alto, mas também o conforto, a limpeza, para a gente poder trocar realmente o veículo particular e andar com o transporte público”, afirmou Rocha.

O estudante de História da UEPG, Clodoaldo Ribeiro (foto), afirmou que faltam políticas públicas eficazes para melhorar o trânsito das cidades. “É importante um dia como esse para você gerar uma consciência contra o que está aí”, ressaltou.

A auxiliar de serviços gerais Carmem Rogala (foto abaixo) mora em Olarias e vai de ônibus até o centro para trabalhar. Segundo ela, é importante haver um dia para se pensar o uso consciente do transporte. No entanto, Carmem acredita que o transporte público na cidade não está preparado para essa mudança de hábito.


A data tem também a função de lembrar a necessidade de ampliar o uso dos transportes alternativos, como a bicicleta. Segundo informações do Movimento “Nossa São Paulo” (MNSP), o Dia Mundial Sem Carro aconteceu pela primeira vez em Paris, na França, no dia 22 de setembro de 1997.

A partir de 2000 a União Europeia adotou a ideia através da Jornada Internacional “Na Cidade, Sem Meu Carro”. No Brasil, as mobilizações acontecem desde 2001, quando 11 cidades promoveram um evento para lembrar a data.

Saiba mais sobre o Dia Mundial Sem Carro no site do Movimento “Nossa São Paulo”

altalt

Acessos: 3108