Imprimir

Projeto Anjos da Noite promove ações beneficentes para famílias carentes e moradores de rua

Os voluntários do projeto distribuíram doces e ganharam sorrisos de várias crianças em troca

 

Com o intuito de fazer o bem, um grupo de jovens arrecada roupa, cobertor, comida e entre outros bens necessários para distribuir a pessoas carentes de Ponta Grossa. No último sábado, dia 10, foi organizada uma feijoada que reuniu várias famílias no bairro Jardim Alto Alegre. Foram 40 famílias atendidas diretamente.

A feijoada foi realizada com a ajuda dos voluntário e em parceria com a ação beneficiente da Associação Atlética XV de Outubro. Os alunos de engenharia da UTFPR, campus Ponta Grossa, doaram 450 quilos de alimentos arrecadados no último evento realizado pela entidade estudantil. Também foram distribuidos mais de 100 pacotes de doces para as crianças. De acordo com os organizadores, foram distribuídos alimentos para 40 famílias de outros bairros, além do Jardim Alto Alegre.

“Melhor do que ver a felicidade do outro é ver a felicidade de uma criança”, descreve Domingos Andrey. Voluntário do grupo que participou da ação, ele relata ser gratificante contribuir em momentos como o da feijoada realizada para a comunidade carente.

Da conversa para a ação: a trajetória do grupo Anjos da Noite

A ideia de arrecadar doações surgiu em 2013, quando três jovens começaram a coletar cobertores. A ação começou a ser promovida utilizando o espaço de divulgação das redes sociais. É o que relata um dos idealizadores, o mineiro Gabriel Silva.

“Como vim de Minas Gerais, sempre sinto um pouco o inverno aqui na cidade. Aí, pensei que, se mesmo em casa, com várias cobertas, ainda sentia frio, imagina quem morava na rua”, conta.

Gabriel relembra que estava com o amigo Jonathan quando ambos começaram a se indagar acerca da situação das pessoas que não tinham condições de se manter aquecidas no período do inverno. Na mesma noite, a dupla iniciou uma campanha pelas redes sociais e, em dois dias, conseguiu arrecadar algumas doações.

Lucas Malaquias, outro mentor do projeto, conta que, além de bens físicos, eles interagem com as pessoas, pois a doação de carinho também é importante.

“Saímos, às sextas-feiras, levando roupas, cobertas, calçados e lanche com chocolate quente. Ajudamos também conversando com os moradores de rua”, explica Malaquias.

Desde então, o projeto só cresceu. São 40 voluntários que, de alguma forma, já ajudaram o grupo de voluntários que recebeu o nome de Anjos da Noite. Gabriel Silva explica que, com o crescimento das doações, eles começaram a ajudar não somente moradores de rua, mas também famílias carentes.

“Ainda não somos uma ONG ou Associação formalizada, mas em questão de alcance do nosso trabalho já somos mais que profissionais”, avalia. De acordo com Silva, em 2015, foram mais de mil famílias atendidas diretamente, o que gira em torno de 4 mil pessoas beneficiadas. Neste ano, o Anjos da Noite pretende superar o número de 2015.

Veja também

22/07/2016 - Grupo Anjos da Noite arrecada e distribui utensílios de inverno para moradores de rua

Salvar

Categoria: Grupos de jovens
Acessos: 2516