altLonge da Biblioteca Municipal que fica no centro da cidade os moradores do Bairro Santa Mônica encontram dificuldades quando se trata de acesso aos livros. Outras formas de leitura como jornais e revistas tornam-se ainda mais complicados, já que o bairro não conta com tais formas de literatura na região.



Aproximadamente cinco quilômetros, essa é a extensão do trajeto que um morador do bairro Santa Mônica deve percorrer até chegar à Biblioteca Municipal de Ponta Grossa no centro da cidade.

Segundo Ivoní Moura que trabalha no centro do município e reside no bairro há cerca de oito anos, desde que era adolescente ela não lê nenhum livro novo. “Primeiro que comprar livro é caro e segundo que a gente quase não tem tempo para ler. Você passa a semana inteira trabalhando e no final de semana ainda precisa cuidar da casa e da família. Não sobra tempo”, diz a trabalhadora.

Já Cleci de Souza, também moradora do bairro Santa Mônica, afirma que se a região contasse com mais espaços para a leitura com certeza a população teria uma maior aproximação. “Se tivesse uma banca de revista já faria a diferença. Acho que tudo que a gente lê de um jeito ou de outro acaba ensinando alguma coisa pra nós”, diz a moradora.

santa-monica2-01-11-10.jpgComo o bairro não dispõe de bancas de jornal ou revista, a única forma de acesso à leitura está na biblioteca integrada à escola estadual Dourah Gomes Daitschman. Segundo a bibliotecária Ivanilde Teresinha Bosca (foto), diversos moradores do bairro até frequentam a biblioteca, porém se desanimam em virtude da temática encontrada nos livros. “Nossos livros em geral são de literatura infanto-juvenil ou didáticos. As pessoas que frequentam sempre buscam por livros com uma temática mais adulta”, explica Bosca.

Segundo a bibliotecária, em geral são os filhos que emprestam os livros para os pais. “Eu faço uma carteirinha para os pais que vem aqui retirar os livros, mas na maioria das vezes eles pedem para os próprios filhos retirarem, o que não é problema nenhum”.

Os moradores do bairro Santa Mônica que quiserem ter acesso aos livros da Escola Estadual Dourah Gomes Daitschman só precisam ir até a biblioteca que se encontra ao lado da secretaria da escola. É recomendável que levem carteira de identidade apenas para fins de registro da própria biblioteca.