O centro esportivo do Monteiro Lobato deve levar mais tempo e custar mais caro que o previsto para ser concluído, podendo ultrapassar 1 milhão de reais. Governo do Estado corta água, luz e alambrado do projeto com a justificativa de redução de gastos.

Inicialmente previsto para ficar pronto em seis meses, prazo que expira em dezembro deste ano, o novo centro esportivo do residencial Monteiro Lobato deve levar mais tempo para ser concluído. A causa do atraso se deve, segundo o presidente da Associação de Moradores do condomínio, Paulo Bendix, à necessidade de mais verbas.

monteirolobato1-06-09-11“É difícil informar ao certo qual será o valor do aumento, pois isso não foi avaliado ainda. Há novas necessidades, como a instalação de um sistema de drenagem no local, o que não estava previsto anteriormente e demanda mais gastos”, diz o presidente.

O pedido de aumento dos recursos foi feito pela empresa de engenharia responsável e não há prazo para ser avaliado pelo governo estadual. O custo previsto para a construção é de R$ 974.852,04. Com a instalação de um sistema de drenagem, água, luz e alambrado, o valor total deve ser maior que 1 milhão de reais.

O vereador responsável pelo projeto, Sebastião Mainardes Junior (DEM), afirma ainda que a alta quantidade de chuvas nas últimas semanas fez que a obra parasse várias vezes, atrasando a construção.

A empresa responsável pela obra é a Tecvia, e a verba provém do programa Paranacidade, do governo estadual. O centro esportivo terá uma área de 48.300 m². Entre as opções de lazer do local, estão quadras de futebol, tênis e voleibol. Haverá também pistas de caminhada e churrasqueiras. O espaço deve ser todo arborizado.

Confira mais informações no Diário Oficial

Atos do município de Ponta Grossa do dia 02 de junho de 2011. Contratação da Tecvia para a construção do centro esportivo. Custo e duração previstos para a obra.

Arquivo Comunitário: O gigante do Jardim Carvalho completa 35 anos