Apresentação artística que deu início ao evento, da música "Se Quiser" de Tânia Mara

Apresentação artística que deu início ao evento, da música "Se Quiser" da cantora Tânia Mara

 

Na última sexta-feira, dia 16, ocorreu a I Conferência Regional LGBT’s Ponta Grossa. O evento elegeu o corpo conselheiro do Conselho LGBT da cidade. Dez conselheiros foram indicados pela prefeitura e dez, por meio de votação realizada em Fórum na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

 

O conselho tem como objetivo defender o direito de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros. O mandato é de dois anos e os conselheiros não recebem salários para exercer a função.

Durante o evento, foi lido o regulamento interno do Conselho. Marcio Ornat, presidente da mesa do fórum LGBT e professor da UEPG, ministrou uma palestra sobre cristianismo e diversidade. E, na sequência, foram analisadas propostas para o Conselho Estadual LGBT.

Marcia Cristina da Silva Rodrigues, membro da Articulação Brasileira de Lésbica (ABL), falou sobre a importância da discussão do tema: “É muito bom para a sensibilização dos próprios universitários sobre a questão LGBT. E também é importante para conquistar espaço, respeito, e conscientizar que precisamos de políticas públicas para a conquista da igualdade de direitos”.

Membros da Ordem dos Advogados do Brasil também estiveram presentes no evento. A advogada Adriane Rain Hoffman falou sobre o papel da OAB nesses eventos: “A OAB está aqui para resguardar, ajudar e reforçar a feitura dos parâmetros que irão para a Conferência Estadual LGBT.”

Simone Carneiro Neuman, membro da ABL e da Comissão da Diversidade Sexual OAB Ponta Grossa, ressaltou que também é importante ter membros LGBT na Câmara Municipal. “Precisamos acabar com a discriminação e preconceito contra o público LGBT, bem como com o fundamentalismo da Câmara Municipal, pra gente poder ter nossos direitos garantidos.”

Ao final do evento, os participantes foram dividos em grupos para a elaboração de três a cinco propostas de políticas públicas para o Conselho Estadual LGBT. As propostas escolhidas por votos serão encaminhadas. 

A III Conferência Estadual dos Diretos LGBT's acontece, em Curitiba, nos dias 6, 7 e 8 de novembro.

 

Arquivo Comunitário

01/10/2015 - Representantes da sociedade civil são eleitos para compor o Conselho Municipal LGBT

02/10/2015 - Mesa discute cristianismo, espaço escolar, gênero e sexualidade

Correção
O texto desta notícia foi alterado após a sua publicação para retirar anotações feitas durante o processo de edição da matéria. As frases, dirigidas à repórter, tinham permanecido indevidamente como parte do texto. Pedimos desculpas pela falha.
Maria Lúcia Becker, pela coordenação editorial.