Apesar das dificuldades enfrentadas pela classe, trabalhadores comemoram o Dia do Trabalhador na tradicional festa do Sindicato

Cerca de 8 mil pessoas compareceram à 18ª edição da Festa do Trabalhador, que aconteceu no dia 1º de maio, e foi promovida pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Ponta Grossa e Região. A festa contou com churrasco, pescaria, sorteios de prêmios e bingo, além de outras atividades, como o Show de talentos e torneio de futebol. O evento que aconteceu no feriado do Dia do Trabalhador, que neste ano caiu num domingo, também comemora o Dia do Metalúrgico, que data no dia 21 de abril.

O evento teve a animação do jornalista William Batista que esta foi sua primeira vez apresentando um evento deste porte, com um grande público. “Me senti muito à vontade com o público, principalmente por se tratar de uma festa de trabalhadores, a parte mais divertida foi o momento de interação com o público durante o sorteio de brindes” conta.

O Presidente do Sindicato, Mauro Carvalho, conta que apesar da tradicional festa ser um momento de confraternização e descontração entre os trabalhadores e suas famílias, neste ano a classe tem enfrentado algumas dificuldades, oriundas da crise econômica: “no momento o trabalhador não tem muito o que comemorar, com esse encolhimento da indústria gerando desemprego” afirma.

Segundo Mauro houve um encolhimento da festa, que já chegou a ter mais de 12 mil participantes. “Só o fato de a gente manter uma festa como esta, no contexto em que estamos já é uma vitória de todos” diz. Infelizmente não é só na participação da festa que houve um encolhimento, mas no número de trabalhadores empregados na classe. Ainda segundo o presidente, em média, houve uma redução de 30%, devido ao encolhimento da indústria.

Veja mais fotos do evento

 

 

 

Arquivo
16/04/2015 -  Ato no Terminal Central de Ponta Grossa reúne sindicalistas em protesto contra o ‘PL do mal’