Imprimir



altProjeto em parceria da IESOL com o MST vai desenvolver uma pequena indústria de processamento mínimo no acampamento Emiliano Zapata.

Dentro de alguns meses, os agricultores irão iniciar o plantio na horta piloto, na qual grupos de assentados se revezarão no trabalho durante a primeira fase de atividades.



Onde agora está situada a cozinha comunitária e a escola do acampamento Emiliano Zapata, entrará em operação uma agroindústria de processamento de hortaliças. O empreendimento, que vem sendo articulado há cerca de dois anos, tem previsão de iniciar suas atividades a partir do mês de junho.

Recentemente, a associação de produtores do acampamento, chamada “A Terra”, e a Incubadora de Empreendimentos Solidários da UEPG – a IESOL, conseguiram as primeiras parcelas da verba destinada pela Secretária de Ciência e Tecnologia do Estado do Paraná para o desenvolvimento do projeto.

Conforme conta o representante do acampamento, Célio Rodrigues, as instalações terão de ser readequadas para abrigar a agroindústria, que terá capacidade média de processar 20 hectares de olerícolas (hortaliças como alface, repolho e brócolis) por mês. O processo consistirá basicamente em lavar, picar e embalar os produtos.

A indústria deve ficar pronta coincidindo com a primeira colheita na horta comunitária. O projeto vem sendo desenvolvido em uma parceria da associação de produtores com a IESOL. “Trabalhamos no sentido de possibilitar a emancipação dos produtores sem-terra, facilitar a comercialização dos produtos e melhorar as condições de renda e trabalho”, informa o técnico de projetos da IESOL, Alnary Nunes Filho. “Trata-se de um projeto interdisciplinar, que conta com uma parte social, uma parte técnica e uma parte agrícola”, completa.

No primeiro momento, o trabalho de cultivo será realizado numa horta piloto, envolvendo toda a comunidade do acampamento. Depois, será dividido em lotes de produção nos quais trabalhará um determinado número de famílias, caracterizando a forma de produção da economia solidária.

Categoria: Movimento Sem Terra
Acessos: 3264