Sem-terras erguendo caixinhas de sementes crioulasHá 12 anos o MST realiza anualmente a Jornada de Agroecologia. As pautas iniciais deste evento iam contra o agronegócio e a favor da agricultura sustentável, ecológica. A partir da segunda edição um novo tema foi debatido e combatido pelas jornadas: os transgênicos.


Segundo o coordenador executivo da organização de direitos humanos Terra de Direitos, Darci Frigo a biodiversidade agrícola do Brasil vem sendo ameaçada pelos transgênicos desde que esses foram introduzidos em 2003. “A biodiversidade é o nosso maior patrimônio. Com os transgênicos a nossa agro diversidade está ameaçada e sendo contaminada”.

O engenheiro agrônomo e representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário Leonardo Melgarejo avalia que a crescente no uso de venenos na agricultura não é compatível a com a substituição das sementes crioulas pelas transgênicas. 

“Ou seja, nós perdemos com isso. As vantagens existem e são que os agricultores têm maior facilidade no trato das lavouras. E as desvantagens são os riscos para a saúde da população, a saúde dos agricultores, a saúde dos consumidores em geral”, afirma.

Neste ano, a Jornada de Agroecologia, realizada em Maringá aprovou a criação do Plano Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica. O Plano é composto de 14 metas e 134 ações que foram construídas coletivamente pelos movimentos sociais, sociedade civil e governo federal.

Entre os aspectos presentes está o incentivo à produção, formação para produção agroecológica e orgânica, uso e conservação dos recursos naturais e melhores condições de comercialização. O Plano ficará em vigor até 2015.

No último dia do evento, o fotógrafo Joka Madruga, o militante do MST Célio Rodrigues, o coordenador estadual de MST Roberto Baggio, o coordenador da Escola Latina de Agroecologia José Maria Tardin e Darci Frigo receberam uma honra ao mérito. A homenagem é um reconhecimento nacional pelos serviços prestados na construção da agroecologia.

Próximo bloco: Enquanto o consumidor optar por consumir os transgênicos continuaremos a plantá-los, diz produtor

Arquivo comunitário: 16/04/2013 - Com 14 anos de história, Assentamento do Contestado é exemplo no MST

Confira a reportagem aqui

Lado a lado os cinco homenageados