Imagem de apresentação cultural do I Festival de Artes das Escolas de AssentamentoO MST realizará de 7 a 10 de outubro, no Teatro Guaíra, em Curitiba, o II Festival de Artes das Escolas de Assentamento do Paraná. O tema deste ano é “Plantando arte e colhendo cidadania no campo”.

Diferente da proposta inicial de ser um evento para escolas do Paraná, o II festival terá a participação dos estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco e Ceará.

O Pré-Assentamento Emiliano Zapata, apesar de ainda não ter uma escola interna, enviará dois representantes. “Nossa comunidade também tem o que mostrar. Temos poetas e cantores aqui”, conta o representante Juliano Gotardo. A expectativa é que o evento reúna cerca de 2 mil participantes, um total de 50 escolas.

O evento busca criar e dar espaço para que os estudantes de escolas de assentamentos possam se expressar artisticamente fora de seus círculos cotidianos. Para a outra representante do Emiliano Zapata, Franciele Santos, o festival oferece troca de experiência e contato com outras realidades.

“Acho que é uma forma de mostrar para outros companheiros o que a nossa comunidade produz culturalmente. E aproveitar, é claro, para conhecer outras pessoas e atividades”, afirma.

Entre as atividades programadas para o evento está um dia de visita aos museus da capital, debates, oficinas e apresentações. No último dia, o show de encerramento será feito pelo grupo Teatro Mágico às 18h no Centro Cívico, a entrada é franca.

Arquivo Comunitário
27/09/2013 - Projeto da Petrobrás contempla Assentamento Emiliano Zapata