A reunião chamada “E agora José?” teve como objetivo analisar o movimento no período de greve e debater como serão monitoradas as promessas feitas pela Reitoria. O encontro foi realizado na sede do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Estadual de Ponta Grossa (DCE-UEPG), nesta terça-feira, dia 17.

 

Primeiramente os estudantes debateram como vão monitorar as promessas que o reitor Carlos Luciano Vargas e a vice reitora Giselle Alves de Sá Quimelli fizeram no encontro de segunda-feira, dia 09. Neste debate, os alunos conversaram sobre como manter a agenda do movimento.

Durante o encontro, os participantes concordaram que o movimento saiu fortalecido, pois muita gente participou.  Mas concluíram que agora devem pensar em como se reorganizar.

Na  discussão sobre a administração do DCE, Patricia Rechetello, integrante do Centro Acadêmico de Medicina (CAMED), falou sobre o desgaste com a burocracia:

“Podemos gastar energia com a criação de um DCE, mas podemos passar o ano inteiro sem um, pois infelizmente a burocracia tem nos atropelado”.

Lucelia Rodriguez, estudante de geografia complementou: “A burocracia da organização de um DCE, muitas vezes, torna-se mais desmobilizadora do que uma organização auto-gestionária”.

Quanto à manutenção da agenda, ficou definido que, na próxima segunda-feira, dia 23, às 17:30 horas, na sede do DCE, irá acontecer um Conselho de Entidades de Base (CEB), onde todos os estudantes terão direito de voz.

Neste encontro, serão debatidas pautas como:

  • representação discente;
  • apoio à criação de novos centros acadêmicos;
  • grupo de estudo sobre temas relacionados à greve e representação estudantil;  e
  • proposta de encontros quinzenais nos campi Centro e Uvaranas.

Além destas, existe ainda a proposta de manutenção do ‘Sexta às Seis’, evento que aconteceu na última sexta-feira, dia 13, porém com a possibilidade de uma mudança no nome.

Um Picnic Filosófico irá ocorrer na praça em frente ao Campus Central e simultaneamente no Campus Uvaranas, em frente à Central de Salas, na sexta-feira, dia 20, às 17:00 horas.

Durante o picnic, a proposta é debater a mobilização e integração. Os organizadores pedem que os estudantes levem canecas e alimentos para contribuir com o picnic, que é comunitário.

Arquivo comunitário:
05/03/2015 - Estudantes da UEPG entregam documento com reivindicações à Reitoria
23/11/2014 - DCE da UEPG completa um ano sem gestão constituída e sem previsão para retorno