A 44º Festa da Nossa Senhora do Pilar na Palmeirinha reuniu aproximadamente 300 pessoas para orar e participar do almoço comunitário

{audio}http://www.portalcomunitario.jor.br/images/audio/2014/Salmo_44_Festa_do_Pilar.mp3{/audio}

 

“A vossa direita se encontra a rainha. Com vestes esplendentes de ouro de Oufir”. Este é o Salmo 44 e cantando a prece o coral e todos os fiéis da Igreja Nossa Senhora do Pilar receberam a imagem da Santa Padroeira no terceiro domingo de Agosto.

O coral foi especialmente formado pelos músicos da comunidade e outros que já passaram pela igreja e se reencontraram na festa.

A celebração do domingo, 17/08, lotou a igreja para comemorar o primeiro título da mãe de Jesus. A data (terceiro domingo de Agosto) no calendário católico é da ascensão de Maria. A festa do Pilar é no dia 12/10, mas a antecedência é para não conflitar duas festas diferentes.

Na mesma missa, também é lembrado o sacerdócio. Por isso, no altar, coloca-se uma sandália, símbolo do trabalho desenvolvido pelos padres e freis.

O Pe. Fábio Sejanoski assumiu a comunidade há um ano e meio, mas relata que, há alguns anos, a festa era mais tradicional e reunia um numero maior de fiéis. Enquanto a Nossa Senhora das Graças era uma capela da Pilar, o numero de católicos que circulavam na comemoração era de quase seis mil.

José William da Silva, Chefe de Conselho de Assunto Econômicos, conta que o dinheiro arrecadado na festa fica na caixa comum da paróquia. Toda a verba é destinada para as pastorais sociais da igreja. As pastorais sociais são uma extensão do trabalho da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e visam a garantir melhores condições para a comunidade.



Para a devota Lucélia Almeida, a festa é uma maneira de demonstrar a fé da comunidade e ajudar as pastorais que prestam auxílio aos mais necessitados.

A Festa da Nossa Senhora do Pilar começou na quinta-feira, 14/08, com uma missa na paróquia celebrada pelo Pe. Jesus Madrid, às 19h. Na sexta-feira, 15/08, no mesmo horário, o culto foi com o Frei Maurício. E no sábado, 16/08, a missa aconteceu uma hora mais cedo, às 18h.

A programação de domingo começou com a Santa Missa, às 9h. Ao meio-dia teve o almoço comunitário. As famílias que não puderam almoçar na igreja tinham a opção de frango assado para venda no mesmo valor do almoço (R$ 20,00). E quem ficou no salão da paróquia pode passar a tarde com apresentações de bandas e barraquinhas com venda de doces e salgados.

Veja mais:
Salmo 44

História da Nossa Senhora do Pilar

Pastoral faz acompanhamento mensal de 200 crianças na Palmeirinha

Chamado por Nossa Senhora do Pilar, Antonio cuida dos doentes da comunidade