O recanto Maria Dolores tem um espaço reservado que atende com os serviços de moradia, educação, saúde e lazer, as crianças e adolescentes portadoras de deficiências físicas e mentais que tiveram que ser tiradas das suas famílias, por maus tratos ou abandono.

Crianças com deficiências físicas e mentais severas não são atendidas na Apae, precisam frequentar outros locais. Porém, nos Campos Gerais, apenas o Recanto Maria Dolores, no bairro Nova Rússia, oferece este espaço, acolhendo alunos dos municípios de toda a região.

A partir desta segunda-feira, dia 17, a médica plantonista não trabalhará mais na equipe do Programa de Saúde da Família (PSF). Além disso, das 13 micro áreas de atendimento na região da Nova Rússia, três estão sem agentes comunitárias de saúde.

No Recanto Espírita Maria Dolores funciona, desde 2009, a única escola em Ponta Grossa que atende pessoas com deficiência mental severa. Cerca de 60 alunos entre zero e 45 anos frequentam a instituição, que tem por objetivo desenvolver a sua autonomia.

Um buraco no asfalto vem causando problemas para moradores da Rua Antônio Vieira. A rua está fechada e sem sinal de obras há mais de seis meses. O medo de novos desmoronamentos preocupa os proprietários dos terrenos vizinhos.