altA Prefeitura liberou a verba para a reforma, mas dois meses depois, apenas o telhado foi arrumado. A alegação é que a emergência era a reforma do telhado e que o resto será arrumado nos meses seguintes.



 

altOs cursos, financiados pela Associação, são para meninas do bairro. As aulas acontecem nas quintas-feiras à tarde na sede da Associação. A iniciativa começou em março desse ano e já conta com 25 meninas. As alunas afirmam que aprendem muito nas aulas e que isso ajuda, inclusive, no seu desenvolvimento escolar.