A partir de 1º de setembro, o Observatório Social do Brasil - Campos Gerais (OBSCG), visitará 15 cidades que ficam em torno e/ou são próximas de Ponta Grossa. O intuito é apresentar a importância da existência de um Observatório nas cidades e tentar reunir voluntários para que, no futuro, novas sedes sejam criadas.

 

Criado em 2006, na cidade de Maringá, o Observatório Social do Brasil já está presente em 85 cidades brasileiras e visa a juntar entidades representativas da sociedade civil com o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública.

Segundo o presidente do OSBCG, Ney da Nóbrega Ribas, “todos os programas que o Observatório daqui possui, também serão levados aos que serão criados: Educação Fiscal, Educação para Cidadania, o de Indicadores e efetivamente, o de controle dos recursos públicos”, comenta.

Além disso, o Observatório da região também está divulgando todas às segundas e quartas-feiras, o link com as sessões da Câmara Municipal de Ponta Grossa e quem não puder acompanhar online, pode conferir os relatórios.

O estudante de Direito e estagiário do OBSCG, Yuri Kirihata, é quem faz esses relatórios: “como a população normalmente tem pouco tempo pra acompanhar a situação politica do município, participo e faço o relatório de maneira rápida e sucinta”, relata.

Já outro integrante do Observatório, Guilherme Miara, complementa: “ Quem deveria viabilizar e divulgar esse link não somos nós, e sim a própria Câmara. Nós (OBSCG) só existimos por causa dessas ineficiências”.

Site do Observatório Social dos Campos Gerais

Site do Observatório Social do Brasil