altO Sindicato dos Empregados em Postos de Serviços de Combustíveis e Petróleo de Ponta Grossa oferece, desde o ano passado, um curso de informática para seus filiados. O objetivo das aulas é fazer com que os trabalhadores sejam mais competitivos no mercado de trabalho

O Sintracomp, também conhecido como Sindicato dos Frentistas, disponibiliza um curso de informática, com duração de uma hora e meia semanal, durante o período de seis meses.

Neste curso, os alunos aprendem noções básicas de informática. As aulas custam R$ 12,00 por mês para os filiados do sindicato e R$ 15,00 para não filiados. Há também a cobrança de R$ 15,00 pela apostila que é utilizada por todo o tempo do curso.

A auxiliar administrativa, Kasue Tacasug, diz que o curso é oferecido “para que os frentistas se preparem para um mercado de trabalho cada vez mais competitivo”.

As aulas são dadas por uma estagiária da UEPG e acontecem de segunda a sexta das 8h30 ao meio-dia e das 13h30 até 18h00. O curso iniciou-se ano passado.
 
Kasue conta que os filiados do sindicato estão muito descontentes com o seu salário atual, principalmente porque ele não subiu de acordo com a inflação. “Há 10 anos, o salário de um frentista era equivalente a quatro salários mínimos, e hoje o valor não passa de dois”.

A auxiliar administrativa comenta ainda que os filiados contribuem com uma taxa de R$ 16,86 por integrarem o sindicato. Com esse valor, eles podem fazer exames e consultas odontológicas e pediátricas (neste caso, para os seus filhos) de graça. Outros tipos de atendimentos médicos possuem desconto.