O prazo final para o término das reformas está previsto para o final de março de 2015. Foto: Hellen Gerhards

Desde agosto, a escola passa por reformas. As aulas estão sendo realizadas no local. A obra será feita em duas etapas: na primeira metade da escola, e na segunda a outra metade, que estava sendo utilizada nas aulas.

O responsável pela obra, João Ferreira, afirma que no projeto consta a reforma completa e a ampliação do local de ensino. A parte da escola em que as obras estão sendo realizadas no momento, encontra-se isolada do restante, que está sendo usada para as atividades escolares.

Serão construídas novas salas de aula, dispensa, cozinha, refeitório, quadra de esportes, pátio e a parte administrativa. A diretora da escola, Sônia Martins, afirma que a reforma trará melhor comodidade para alunos e funcionários. “Isso influenciará diretamente no aprendizado”, completa.

Outro fator citado pela diretora é a segurança. As crianças não possuem acesso à obra, devido ao isolamento, e não há risco de alguma delas vier a se ferir devido à reforma. Quando terminada, a reforma resolverá problemas de segurança estruturais, como escadas e saídas de emergência.

Sônia diz ainda que foi pensado trocar de lugar durante as obras, mas que isso não foi viável, pois a escola teria que ser dividida em duas. E a mudança causaria transtornos para os pais e aos próprios alunos.

O vice-secretário da Secretaria Municipal de Planejamento, Reginaldo Carrer, afirma que no total existem 10 escolas no bairro, algumas ainda em processo de licitação. Segundo ele, o prazo normal é de 180 dias, podendo variar de obra para obra.

A Escola Municipal Prof Plácido Cardon foi fundada em 1987 e possui cerca de 205 alunos. Ela fica na Rua Alfredo Munhoz, nº 120, no bairro Ronda.