Os animais são transmissores potenciais de raiva e, por isso, o Portal Comunitário foi conferir os modos de prevenção da doença 

vacina

Vacina feita na modalidade preventiva em estudantes

O morcego é um dos principais transmissores da raiva, uma doença que afeta o sistema nervoso central e pode levar à morte. Em Ponta Grossa, há colonização de morcegos no Centro da cidade, como na rua Paula Xavier e na rua XV. Baseado em exames feitos por amostragem, o Controle de Zoonoses demonstrou que nós temos morcegos insetívoros, frugívoros e hematófagos contaminados com o vírus rábico aqui no Paraná.

p1certuNo mês de janeiro, foram distribuídas 2.330 doses em Ponta Grossa

A vacina contra o HPV (human papiloma virus), que antes era ofertada apenas para as meninas, está disponível para os meninos desde o dia 2 janeiro, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Em Ponta Grossa, a alimentação saudável e consciente vem ganhando cada vez mais espaço

O Restaurante Living atua na cidade com alimentos adaptados aos vegetarianos, oferecendo opções também para uma alimentação mais saudável (Foto: Mayara Mirante)

Pequenos comerciantes, grupos de apoio e o ganho de espaço em grandes lojas. Assim, o vegetarianismo vem ganhando espaço entre os ponta-grossenses. Além de suprir uma demanda do público restrito, o assunto tem sido debatido com o objetivo de passar informações sobre o tema, trabalho que o núcleo da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) vem realizando, para mobilizar e conscientizar a sociedade sobre os benefícios da alimentação sem a carne.

 A importância e o cotidiano da mãe no tratamento hospitalar e pós-hospitalar infantil nos casos de doenças raras

Ultimo evento antes da viagem de Zé Augusto

O sistema de saúde brasileiro é referência em tratamentos de doenças de abrangência mundial, como a AIDS. Mesmo assim, em alguns casos de menor incidência, o país não possui os procedimentos ou a experiência para oferecer o tratamento em território nacional.

Arteterapia auxilia no tratamento de doenças e na socialização de integrantes do Asilo São Vicente de Paula

Esta é uma das obras de Margarida, que revela gostar de retratar flores e paisagens (Foto: Leonardo Camargo)

 

“Fazer Arte não tem Idade” é um projeto do artista ponta-grossense Celso Parubocz, que trabalha com pinturas para os idosos do Asilo São Vicente de Paula. As atividades são realizadas duas vezes na semana. Às terças e quintas-feiras, os alunos são divididos em turmas para se inserirem no trabalho baseado na arteterapia.

Integrantes do projeto de extensão "Educação em Saúde" atendem pessoas com doenças crônicas (Foto: Gabriel Panice)

Os pacientes, que possuem alguma patologia crônica e que necessitam de medicação regularmente, recebem consultas farmacêuticas na Unidade de Saúde do Parque Tarobá, em Uvaranas. As consultas fazem parte do projeto de extensão “Educação em Saúde”, que envolve acadêmicos e professores do curso de Farmácia da UEPG, além de farmacêuticos da unidade básica.