Apesar do preconceito, mês da campanha registrou o dobro do número de consultas se comparado ao mês de maior atendimento

A unidade Madre Josefa Stenmans, na Vila Princesa, teve ações de conscientização durante o mês de novembro

Ações para prevenção de doenças, que atingem nichos específicos da sociedade, têm se tornado frequentes. Promovidas mundialmente, muitas delas visam alertar para os riscos e para a prevenção. O Novembro Azul alerta, principalmente aos homens acima de 40 anos, sobre a importância do tratamento do câncer de próstata. Entretanto, o preconceito e a desinformação restringem a participação.

Segundo a assessoria da Secretaria Municipal de Saúde, todas as unidades de saúde de Ponta Grossa realizam o exame de sangue do PSA, o Antígeno Prostático Específico. O procedimento é um diagnóstico de alterações na próstata que detecta se o paciente tem ou não a necessidade de fazer o exame de toque.

Em 2015, novembro foi o mês com mais atendimentos desse tipo na rede municipal, com quase 300 consultas a mais que agosto (o segundo mês com maior incidência de serviços). Neste ano, no mês de novembro, até o dia 25, já tinha sido registrado o dobro de consultas feitas (1.772) em relação a agosto (864). Até então, este mês havia sido o segundo período com mais exames.

A unidade Madre Josefa Stenmans, na Vila Princesa, é uma das que integrou a campanha. No dia 25, o local contou com palestra de conscientização. No bairro, também foi realizado mutirão o exame sanguíneo nos moradores.

A gerente administrativa do posto de saúde, Surama Machado, relata que muitos atendimentos foram feitos em homens que viram propagandas na TV e buscaram saber mais. Entretanto, Machado afirma que o engajamento é menor em relação ao Outubro Rosa, campanha contra o câncer de mama feita no mês anterior.

Na rede privada, o aumento no interesse também é sentido. O gerente do Centro de Saúde São Camilo, Ronaldo Assis, conta que diversas ações, como palestras e parcerias, contribuíram para esse crescimento. “É natural, neste mês, uma procura maior dos homens buscando realizar os exames preventivos, o que representa um acréscimo de 20℅ em relação aos demais meses. A realização dessas ações contribui para esse aumento”, avalia.

Veja também
29/11/2016 - Unidades de saúde oferecem exames e consultas para parceiros de gestantes
06/11/2015 - Outubro Rosa facilita acesso a exames preventivos e distribui pontos de atendimento pela cidade

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar