A assembleia extraordinária convocada pelo SINDUEPG decidiu, nesta quinta-feira, dia 16, pelo retorno à greve a partir da próxima semana. A reunião, realizada no Campus Uvaranas, contou com a presença de cerca de 130 docentes e lideranças sindicais.

A insatisfação com o Projeto de Lei 252-2015, que tramita na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, é um dos motivadores para o retorno à greve. Os professores se mostram contrários à proposta de transferência de servidores do Fundo Financeiro para o Fundo Previdenciário.

Durante a assembleia, a importância do poder de mobilização dos docentes foi destacada pelo presidente do SINDUEPG, Marcelo Bronosky. “Nós temos conseguido frear várias tentativas de golpe vindas do governo”, destaca.

A dimensão da última greve foi também lembrada pelo líder sindical. No início deste ano, pela primeira vez, todas as sete universidades estaduais do Paraná paralisaram suas atividades.

Embora tenham decidido pelo retorno às atividades, com início do ano letivo realizado em março, os docentes permaneceram em estado de greve, como um alerta para a permanência da pauta de reivindicações não atendidas pelo governo.  
Panorama estadual

Além da UEPG, a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (UNIOESTE) também decidiu, nesta quinta-feira, dia 16, pela retomada da greve. Todas as demais universidades as estaduais do Paraná já manifestaram que a discussão sobre a paralisação está na agenda dos próximos dias.

As sessões sindicais da Associação Nacional dos Docentes do Ensino Superior (ANDES) se reúnem, neste sábado, dia 18, em Curitiba. Será feita a análise da conjuntura e das estratégias de unificação do movimento.

 

AGENDA DE MOBILIZAÇÃO DO SINDUEPG
Reunião do comando de greve
Data e horário: segunda-feira, dia 20, às 16h.
Local: Sede do SINDUEPG
Site e Facebook do SINDUEPG: http://sinduepg.com.br/ e facebook.com/sinduepg.sindicatodosdocentes

 

CONHEÇA AS REIVINDICAÇÕES DOS DOCENTES DA UEPG
Auditoria na gestão do Paraná Previdência desde sua criação
Pagamento da dívida do Governo Estadual junto ao Fundo Previdenciário
Retirada do PL 252-2015
Abertura de ampla discussão com os docentes das universidades

 

Arquivo comunitário
12/03/2015 - Professores da UEPG decidem suspender a greve, mas mantêm estado de mobilização
10/02/2015 - Professores da UEPG começam greve por tempo indeterminado