O evento recebeu jornalistas formados em Jornalismo que debateram os avanços das diretrizes do curso. O tema deste ano destaca a comemoração dos 30 anos de formação profissional, em jornalismo, pela universidade paranaense.

 

Um dos convidados, Neomil Macedo, jornalista formado pela UEPG em 1991, debateu as inciativas para a implantação do curso no ano de 1985. O jornalista falou sobre as dificuldades inciais vivenciadas após a implantação do curso.

 

“Havia a necessidade de criar o curso de Jornalismo para qualificar os profissionais que já atuavam na área. Porém, não havia professores e as condições eram precárias”, relata.

 

A jornalista e professora Elaine Javorski, também formada em Jornalismo em 1999,  também lembrou situações enfrentadas nos primeiros anos do curso de graduação.

“Nessa época, nós tínhamos uma série de problemas estruturais. Faltava professores para compor o corpo docente e havia falhas na grade”, destacou Elaine.

 

A professora ainda ressaltou  que houve uma grande luta de professores e alunos para que o curso alcançasse as diretrizes e estrutura atuais.

 

Outro destaque da manhã foi a jornalista Michele Massuchin. Também formada pela UEPG, ela relatou a iniciativa de implantação do projeto de extensão Portal Comunitário.

 

Considerado um dos mais importantes projetos do curso e vencedor de vários prêmios, o Portal  surgiu em 2008 por iniciativa  de alguns professores e alunos para implantar uma atividade de cunho social no jornalismo.

 

“O projeto foi importante na minha formação acadêmica. O Portal trouxe uma grande mudança no curso no que diz respeito à extensão. O curso de fato atingiu um perfil social”, argumenta Michele.