A Avenida Carlos Cavalcanti, principal via do bairro de Uvaranas, recebeu no último dia 3 dois elementos para otimizar o trânsito. Trata-se de uma travessia elevada e um semáforo acionado pelo pedestre, ambos nas proximidades dos Hipermercados Tozetto e Condor.

 

A instalação das ferramentas faz parte de uma série de medidas da Autarquia Municipal de Trânsito (AMTT) para garantir a segurança do pedestre. O semáforo, porém, ainda não está em funcionamento.

De acordo com a assessora de imprensa da AMTT, Érica Busnardo, ainda não há previsão para quando ele começará a funcionar. “Ele foi instalado na última quinta-feira, dia 2, e os trâmites legais para o seu funcionamento ainda estão correndo”, explica.

O bairro de Uvaranas é particularmente problemático na questão de tráfego de pedestres, e a Avenida Carlos Cavalcanti é frequentemente palco de atropelamentos. A moradora Cleuza de Souza considera a via “perigosa” e afirma já ter ficado “horas esperando para atravessar”.

Outra questão que costumava preocupar os moradores era o horário de saída dos estudantes da Escola Estadual General Osório e do Colégio General Antonio Sampaio. “Os motoristas não respeitam a faixa, nem mesmo com o radar”, conta o estudante do ensino médio Daniel Moreira.

Desde dezembro, porém, a segurança na saída das escolas foi reforçada. a Autarquia instalou lombadas eletrônicas e um semáforo de pedestres na frente do General Osório.

O departamento de engenharia da AMTT observou uma redução significativa nas multas de trânsito da região desde a colocação dos dispositivos.

Arquivo Comunitário
30/08/13 - Solução para os motoristas, dificuldades para os pedestres
11/11/14 - Moradores da Vila Princesa reclamam da falta de sinalização em área escolar