Em 15 minutos de discurso na ‘Tribuna Livre’, a coordenadora geral da ONG Você Consegue, Josefa Schimit, explicou os processos para doação de medula óssea e como a entidade trabalha para facilitar os procedimentos. “Os representantes da população de Ponta Grossa têm por obrigação saber a finalidade da ONG para representar a nossa causa e, se possível, garantir verbas do governo municipal”, destaca a coordenadora.

 

Poucas pessoas estavam presentes na tarde da última quarta-feira, dia 12, na Câmara de Vereadores de Ponta Grossa. Além da tradicional circulação dos vereadores pelo local, mais oito pessoas assistiam da plateia à apresentação da coordenadora. Entre elas a família do menino João Rodrigo, de 10 anos, que perdeu a casa em um incêndio em  dezembro do ano passado.

A estudante Jheniffer Quiroga, de 19 anos, também acompanhava a palestra. A adolescente é portadora de leucemia há dois anos e se incomoda com a precariedade da divulgação das campanhas de incentivo à doação de medula.

A avó de Jheniffer, Eleny Maciel, acredita que há falta de conhecimento da população, o que afeta diretamente os portadores.

“Quem convive com ela [Jheniffer] sabe que a população tem medo de doar porque quase não tem acesso às informações. É um problema nacional”, enfatiza.

Eleny ressalta que, mesmo com pouca divulgação, sua neta já teve bastante auxílio, e hoje, com força de vontade, estuda para passar no vestibular.

A iniciativa de inscrever a ONG na ‘Tribuna Livre’ da Câmara de Vereadores partiu da própria coordenadora geral, que pretende continuar o trabalho de conscientização e mobilização para aumentar, aos poucos, o número de doadores.

Os interessados em ajudar a causa, podem entrar em contato pelo site da ONG Você Consegue